Home Comportamento Ter 60 anos na sociedade atual

Ter 60 anos na sociedade atual

3 1093

Ter 60 anos na sociedade atual é muito complicado, porque a cultura brasileira é pensar que o país ainda é um país jovem. Nossa sociedade está envelhecendo a cada ano que passa e até o ano de 2020 ocuparemos o 6º lugar no mundo em pessoas com mais de 60 anos.

Mas essa mesma geração que promoveu a revolução sexual e de costumes, e agora está redefinindo as experiências pessoais da vida adulta, da chamada “terceira Idade”, que está querendo cada vez mais preocupar-se com a saúde e estar engajada com toda a sociedade. E é esta sociedade que está tendo dificuldade para adaptar-se aos senhores e senhoras com mais de 60 anos, porque esses “novos velhos” ou “menos jovens” estão aí, levantando sua bandeira como fizeram no passado, na época dos anos 1960, 1970.

Para começar, eles estão questionando qual seria a nomenclatura politicamente correta em que são vistos: Terceira Idade, Idoso, melhor idade, mas na verdade eles querem é respeito e serem ouvidos e notados, pois estão com toda força e experiência pulsando.

Precisamos saber interagir com essa população com 60+ anos. Quem vai morar nas casas ou apartamentos que são construídos, mobiliados com o que você projetou? Quem irá a restaurantes que você administra? Quem precisará dos hospitais que você trabalha? Consumir arte, serviços, cosméticos, revistas, medicamentos? Pode ter certeza que será essa geração, de 60 anos ou mais.

Há uma enorme lacuna na sociedade no conhecimento do comportamento de consumo dessa geração sessentona, e os “babies boomers” estão gritando e acenando de todas as maneiras para tentar mudar essa visão nublada em que a sociedade está mergulhada.

Eu faço parte dessa geração de “velhos” que levanta e agita a bandeira.

Sou aposentada, sou blogueira, dona de casa, vovó, profissional, mãe e esposa. E o principal, sou eu!

E com “vivência da causa”, digo, que ter 60 anos na sociedade atual não é nada fácil e nem prazeroso.

Mudamos um conceito de sociedade nos anos 1960 e 1970 e agora que nos tornamos “old boomers”, temos que lutar e nos expor para mudar essa visão de uma sociedade cega.

Posts relacionados

0 190

0 272