Home Tags Tags do post "Pensamento da semana"

Pensamento da semana

0 864

Manuel Bandeira

Vou-me embora pra Pasárgada

Lá sou amigo do rei

Lá tenho a mulher que eu quero

Na cama que escolherei

Vou-me embora pra Pasárgada

Vou-me embora pra Pasárgada

Aqui eu não sou feliz

Lá a existência é uma aventura

De tal modo inconseqüente

Que Joana a Louca de Espanha

Rainha e falsa demente

Vem a ser contraparente

Da nora que nunca tive

E como farei ginástica

Andarei de bicicleta

Montarei em burro brabo

Subirei no pau-de-sebo

Tomarei banhos de mar!

E quando estiver cansado

Deito na beira do rio

Mando chamar a mãe-d’água

Pra me contar as histórias

Que no tempo de eu menino

Rosa vinha me contar

Vou-me embora pra Pasárgada

Em Pasárgada tem tudo

É outra civilização

Tem um processo seguro

De impedir a concepção

Tem telefone automático

Tem alcalóide à vontade

Tem prostitutas bonitas

Para a gente namorar

 

E quando eu estiver mais triste

Mas triste de não ter jeito

Quando de noite me der

Vontade de me matar

— Lá sou amigo do rei —

Terei a mulher que eu quero

Na cama que escolherei

Vou-me embora pra Pasárgada.


Texto extraído do livro “
Bandeira a Vida Inteira“, Editora Alumbramento – Rio de Janeiro, 1986, pág. 90

 

1 1623

A tecnologia é tudo no mundo de hoje, mas vou dedicar o pensamento da semana para “meu marido”.

As pessoas não se dão mais conta que o telefone celular de última geração, veio e afasta mais e mais as pessoas.

As pessoas não sabem usar o celular, o ipad e assim vai. “Meu marido”, passa com o telefone celular o tempo todo, não dá para conversar, porque no meio, toca o celular e ele atende. Se estamos na mesa almoçando, o celular está junto e ele atende e fica falando, e quem está junto tem que escutar a conversa que não interessa.

O celular esta sempre na orelha dele, e as vezes eu torço para que seja roubado, mas não vai adiantar muito pois ele vai lá e compra outro e o pior, ele tem alguns na caixa de reserva. Pode?

Esse desabafo é porque não aguento mais ter sido trocada por um celular. Não pensei que fosse tão porcaria assim.

Mas, acho que com o tempo a gente se torna invisível para a pessoa no qual casamos.

Que merda!

O Pensamento da Semana, tem muita haver com um texto que fiz para a Revista bendita.

Tem muitas pessoas que se acham as maiorais, que sabem tudo, mas que na realidade são pessoas medíocres, não conseguem enxergar quem está a sua volta, adoram puxar para baixo quem está tentando progredir.

Eles não fazem nada para tentar mudar, porém incomodam-se barbaramente com o outro que quer progredir.

Um bom pensamento para o fim de semana! Será que você não está abafando alguém?

 

0 2149

Com o tempo, ou melhor, com os anos, tu começa a pensar no que vale a pena ou o que não vale a pena. Com essa frase coloco aqui o pensamento da semana.

Engana-se redondamente que nossa infância não interfere no nosso envelhecer.

Tenho uma pessoa próxima que adora dizer, o que aconteceu na infância, é passado, se não deixamos isso quieto, os problemas provenientes da velhice que nos trazem essas lembranças à tona, é porque não temos mais nada importante para pensar.

Será?

Com meus pais velhos e agora doentes fisicamente, pois emocionalmente sempre foram pessoas comprometidas seriamente e criaram os filhos todos com sequelas desde as mais amenas até as mais graves, começa a infância vir a tona e a mexer com o íntimo.

Depois de longos anos, tu, fruto de uma família emocionalmente comprometida tenta relevar, mas o que estava adormecido começa a incomodar mesmo depois de tantos anos de terapia.

Por isso, o pensamento da semana é o não querer carregar mais nada pesado e sim o que eu possa carregar, porque  minhas costas estão doendo, meus braços estão duros, meu coração virou papel Machê e minha paciência e minha vida querem seguir leves, com pouco peso na memória.