Home Comportamento A DIFICULDADE DO BRASILEIRO EM ACEITAR A VELHICE

A DIFICULDADE DO BRASILEIRO EM ACEITAR A VELHICE

0 428

Quem me acompanha há bastante tempo sabe que venho estudando e compreendendo cada vez mais que o brasileiro enquanto cultura tem uma grande dificuldade de aceitação da velhice. Vivemos numa nação onde o senso estético de juventude ainda impera como o “ideal”, ressaltando desta maneira toda a dificuldade de compreensão para com a maturidade da vida.

O brasileiro não aceita o fato de que pode envelhecer e que envelhecer é muito bonito, não se permitindo perceber que essa fase da vida é uma bela oportunidade de se manter ativo, de se sentir ainda mais vivo e de poder apreciar todos os prazeres que o fizeram chegar até aqui. A maturidade, de fato, é o momento onde sinto que consigo encarar as coisas com mais leveza, sem destratar mais nada, mas sim, acolhendo tudo o que já vivi.

A antropóloga Miriam Goldenberg faz um excelente contra-ponto com as dificuldades, aceitações e todas a belezas da velhice neste vídeo, uma vez que ela enquanto estudiosa do assunto levanta ótimas reflexões sobre o papel da maturidade na sociedade. Por eu ser uma Ageless muito ativa, convido vocês para também conferirem este outro vídeo dela no TEDXTALK, cuja fala aborda muito bem a posição Ageless perante a maturidade.

ageless-blogger-mireia-borges-1

Confesso para vocês que me sinto cada dia mais viva, claro, que com as normalidades físicas que a idade me permite sentir. Mas na portinha dos 61, eu posso afirmar: não quero ser tratada como uma velhinha pois não sou e nem me sinto uma. Reconheço que envelheci e adoro viver esta fase. Mas não me enxergo sentada todos os dias na frente da TV assistindo a novela, tomando chá e reclamando da vida.

A maturidade chegou para mim há certo tempo… E eu a aceitei com todo o afeto e o amor que poderia sentir por mim mesma.

 

 

Posts relacionados

0 190

0 272